1 de fevereiro de 2010

Tenho saudades de...


Manhãs em que me atrasava mas ela continua, naquele cantinho de sempre á minha espera, mesmo com um
ralhete logo, bem afiado na língua.

Manhãs que passavam rápido, e que o almoço era demorado, e nem interessava o local onde era, porque era sempre demorado, envolvente, de completa partilha, de emoções, sentimentos, risos, e choro.

Sim, porque o antigamente era levemente regado de choro, choro meu, que escorria tão fácil.
Bastava palavras, bastava gestos, bastava estar tu e eu...

Almoços tão nossos, feitos por mim, comidos por ti.
Feitos com amor, carinho, tempo e saudade.
Comidos depois de bem repousar no sofá e esperar por papinha... E venha, amor?

Cafés com toda a risada e intimidade que nos era possível, horas e horas de amor, carinho, apego e tempo nosso.

Tardes em casa, sem nada fazer e sempre ocupadas, no corpo um da outra, onde tínhamos o melhor trabalho do Mundo, onde nos conhecemos melhor, e onde crescemos e ensinamos o que tínhamos de melhor e de pior, mas éramos nós, simplesmente nós, melhor que tudo, pior que nada.

E assim crescemos, assim cresceu o nosso amor, que ficou tão forte, tão bom, que se tornou só nosso, meu e teu, como eu nunca vi igual. Só nós.

Montes e montes de mensagens sem fim, cheias de amor, envolvência, carinho, apego, e intimidade. Horas e horas de chamadas cheias de nós.

Tenho saudades de ti, de nós...

3 comentários:

A luz da tua vida, tá claro! hihi disse...

Quero todo isto de volta.
Quero de novo este romance constante, esta paixao inabalavel que havia entre nós.
Vamos lutar contra os dissabores que se encontram no nosso caminho.

Vamos voltar para o nosso amor!

Amote momo@

Lilás disse...

Sim meu amor, tens toda a razão, temos que lutar contra tudo e todos se necessário, porque este amor, este nosso amor tão bom, tão puro, só nosso de volta e nunca mais de fugida.
Quero.nos de volta! A nós as duas!

Melodia disse...

que amor tão lindo....


boa sorte pra o vosso (re)encontro desse amor lindo


sejam muito felizes....